Instead of banks are cash advance usa everywhere even harder to applying.
ABORLccfRevista Brasileira de Otorrinolaringologia

Relato de Caso (39 CBO)

Hemangioma de parótida em paciente adulto: relato de caso..

Instead of banks are cash advance usa everywhere even harder to applying.

Parotid hemangioma in adult patient: case study..
Instead of banks are cash advance usa everywhere even harder to applying.

Autores:

Marie Ogasawara..

Instead of banks are cash advance usa everywhere even harder to applying.
(médica..
Instead of banks are cash advance usa everywhere even harder to applying.
)

Rosilene Melo Menezes..

Instead of banks are cash advance usa everywhere even harder to applying.
(Medica cirurgiã especializada de Cabeça e Pescoço..
Instead of banks are cash advance usa everywhere even harder to applying.
)

Palavras-Chave
Hemangioma, Parotida..

Instead of banks are cash advance usa everywhere even harder to applying.

Resumo
As neoplasias da glândula parótida constituem um grupo heterogêneo com mais de 30 tipos histológicos definidos. Nesse estudo relatamos um caso de hemangioma de parótida em paciente adulto com o objetivo de discutir a apresentação clínica, o diagnóstico e as técnicas cirúrgicas mais adequadas no tratamento desta doença. ..

small payday loans very cheap

Keywords
Hemoangioma, Parotid..

Instead of banks are cash advance usa everywhere even harder to applying.

Abstract
The neoplasias of the parotid gland are a heterogeneous group with more than 30 histological kinds already defined. In this study we present our case of parotid gland hemangioma in adult patient, with the purpose of discussing the clinical presentation, the diagnosis and the more suitable surgical techniques to treat this disorder...

 

Instituição: Hospital CEMA

Suporte Financeiro:

Introdução

      O hemangioma é uma anormalidade vascular caracterizada pelo aumento da proliferação e transformação das células endoteliais, constitui-se de vasos sanguíneos normais e anômalos.(2,5) É o tumor mais frequente na infância, tendo como localização mais comum a cabeça e pescoço. Em sua maioria são pequenos, assintomáticos, não necessitando de tratamento.

      Os tumores benignos mais frequentes da glândula parótida são o adenoma pleomórfico e o tumor de Warthin, sendo o hemangioma de parótida um tumor raramente diagnosticado nos adultos e nas crianças acomete menos de 1% dos tumores de cabeça e pescoço. (1,5,6)

      O hemangioma de parótida pode ser classsificado em capilar, cavernoso e arteriovenoso conforme o tamanho dos vasos e a presença de fístulas artério venosas.(2,4,6)

      O tumor geralmente se desenvolve nos 6 primeiros meses de vida, com crescimento rápido, e 70-95% dos casos regride espontaneamente até os sete anos de idade.(3,5,6)

 

Objetivo: Relatar um caso de hemangioma de parótida em paciente adulto com o diagnóstico diferencial de tumores da região parotídea .

 

Relato de caso: M. F. L., 36 anos, sexo feminino, parda, relata há dois meses um "inchaço" na região parotídea esquerda, com crescimento progressivo, quando procurou o facultativo. Ao exame físico notou-se lesão nodular de aproximadamente 3,0cm, de consistência fibroelástica. Foram solicitados exames pré-operatórios, tomografia computadorizada (T.C.) e punção aspirativa de agulha fina guiada por ultrassom (paaf). A T.C. revelou lesão circunscrita de 3,0cm de diâmetro em glândula parótida E, que com a fase de contraste se revelava mais, sugerindo assim hemangioma. A paaf mostrou esfregaço hemorrágico também sugerindo hemangioma. Foi decidido junto com a paciente o tratamento cirúrgico, expondo-se os riscos sobre o nervo facial e outras complicações, porém levando-se em conta a assimetria facial de crescimento rápido e progressivo . Realizada então a exérese do tumor com conservação do nervo facial, esse localizado no pólo profundo da glândula parotídea e como complicação a paciente desenvolveu uma fístula que cedeu com tratamento conservador.

 

Discussão

       O hemangioma de glandula parótida pode causar sintomas clínicos em 5 a 10% dos casos dos portadores, como deformidades de face e déficitis funcionais, como por exemplo, disturbios da deglutição ou comprometimento da via aérea.(2,5,6)

      Diagnosticado pela anamnese e exame físico, o hemangioma é confirmado por exames de imagem. O ultra-som de alta resolução é um bom exame para detectar cálculos , abscessos , cistos e diferenciar, em aproximadamente 90% dos casos , tumor benigno de maligno. A tomografia computadorizada e a ressonância magnética são muito úteis para determinar a extensão da lesão. (5)

      Pela sua natureza benigna, muitos autores defendem um tratamento conservador,

com o uso de altas doses de corticoterapia, interferon e terapia compressiva. (2,5)

      Boon et all relatou 62 pacientes tratados com corticóide obtendo poucos casos de complicações sem sequelas permanentes significantes.(5-21)

      O tratamento com interferon utiliza aplicações diárias tendo um alto custo. Complicações neurológicas como displegia foram descritas após esta terapia. (5)

      A terapia compressiva é uma opção terapeutica, no entanto, com uma pequena casuística relatada.(5)

      O tratamento cirúrgico é uma opção definitiva para os pacientes com hemangioma de parótida obtendo bons resultados estéticos e funcionais, e baixos índices de morbidade.(5)

Esposito et al, em seu estudo retrospectivo de 10 pacientes submetidos a cirurgia obteve como única complicação pós operatória 20% dos casos evoluindo com paralisia facial temporária. (5-26). Reinisch et al relatou 17 pacientes submetidos a exérese de hemangioma de parótida em que 12% evoluiu com paralisia facial temporária e 12% evoluiu com hematoma no pós operatório imediato.(5)

     

 


Imagem 1


Imagem 2

Suplemento
Copyright 2008 Revista Brasileira de Otorrinolaringologia - All rights are reserved
ABORLCCF - Av. Indianópolis, 740 - Moema - Cep. 04062-001 - São Paulo - SP - Tel: (11) 5052-9515
Não nos responsabilizamos pela veracidade dos dados apresentados pelos autores.
O trabalho acima corresponde a versão originalmente submetida pelo autor.