ABORLccfRevista Brasileira de Otorrinolaringologia

Relato de Caso (39 CBO)

Compressão de tronco cerebral por Swannoma Vestibular : Relato de Caso..
Compression of brainstem by Acoustic Schwannoma: Case Report ..

Autores:

Franscisco de Paula Amarante Neto.. (Livre docência em ORL da PUC-RJ..

Only the biggest issue cash loans for bad credit there has no regulations. payday loans
)

Artur Amarante.. (Livre docência em ORL do IPGMCC..

Only the biggest issue cash loans for bad credit there has no regulations. payday loans
)

Fábio Magalhães Hannas.. (Pós-graduado em ORL pela PUC-RJ..

Only the biggest issue cash loans for bad credit there has no regulations. payday loans
)

Fabricio Augusto Vaz Beze.. (Pós-Graduando..

Only the biggest issue cash loans for bad credit there has no regulations. payday loans
)

Joe de Aquino Souza.. (Pós-Graduando..

Only the biggest issue cash loans for bad credit there has no regulations. payday loans
)

Paulo Henrique Sefrin Novaes.. (Pós-Graduando..

Only the biggest issue cash loans for bad credit there has no regulations. payday loans
)

Palavras-Chave
Schwannoma Vestibular, Compressão de Tronco Cerebral, Zumbido..

Resumo
Schwannoma vestibular é um tumor benigno o qual se deriva da célula de Schwann do VIII par craniano. Também conhecido como: neuroma, neurinoma do acústico, angioneurofibroma e fibromixoma. É o tumor mais frequente do ângulo pontocerebelar, representando 8 a 10% de todos os tumores intracranianos. Têm incidência de 1/100.000 habitantes por ano. Os tumores microscópicos podem permanecer assintomáticos até a idade adulta. Mas, tumores não tratados podem levar à compressão do tronco cerebral, com aumento da pressão intracraniana e até morte. O crescimento tumoral se faz geralmente em direção ao ângulo ponto-cerebelar, região de menor resistência. A avaliação do estado geral, idade, status auditivo, exames radiológicos (RNM) com análise do tamanho do tumor, localização, taxa de crescimento faz-se necessária...

small payday loans very cheap

Keywords
Acoustic Schwannoma, Compression of Brainstem, Tinnitus..

Abstract
Vestibular schwannoma is a benign tumor which derives from the Schwann cell of the cranial nerve VIII. Known by various classifications, such as: neuroma, neurinoma of acoustic, acoustic neurilenoma. It is the most common tumor of the point-cerebellar angle, representing 8 to 10% of all intracranial tumors. They incidence of 1/100.000 inhabitants per year. The microscopic tumors may remain asymptomatic until adulthood. But tumors untreated can lead to compression of the brain stem, with increased intracranial pressure and even death. The tumor growth is usually toward the point-cerebellar angle, region of less resistance. The assessment of the general state, age, status hearing radiological examinations (RNM) with analysis of the tumor size, location, growth rate is necessary...

 

Instituição: Instituto de Pós-Graduação Carlos Chagas Instituto de Pós-Graduação PUC-RJ

Suporte Financeiro:

Relato de caso: J. A. M., 73 anos, apresentando hipoacusia bilateral progressiva e zumbido em orelha esquerda há 20 anos. Paciente negava HAS, DM, cirurgias anteriores ou uso de medicamentos. Exame físico e otorrinolaringológico sem alterações significativas. Foram realizados o seguintes exames com seus respectivos resultados. Audiometria: perda auditiva leve/acentuada na O.D. e intensa/profunda na O.E.  Impedanciometria: curva tipo An bilateralmente e ausência de reflexo estapédico ipsilateral em O.E. BERA: ausência de ondas I, III, V para estímulos (frequências 2000-4000Hz à 80 dBNA) em O.E. RNM (T1 e T2): formação expansiva extra-axial, hiperintenso, lobulado, medindo 1,4x1,5x1,7cm, situado na cisterna do ângulo ponto-cerebelar esquerdo, alargando CAI do mesmo lado, iniciando efeito de massa em tronco cerebral. A técnica utilizada foi o acesso retrolabiríntico pressigmoideo.  No pós-operatório houve leve melhora do zumbido, sem alteração quanto a hipoacusia, além de paralisia facial periférica no pós-operatório imediato, sendo tratada com corticoterapia (Prednisona 60mg/dia) e fisioterapia obtendo boa resposta e remissão da paralisia em 2 meses após início do tratamento medicamentoso e fisioterápico.

Discussão: Também conhecido como: neuroma, neurinoma do acústico, angioneurofibroma e fibromixoma, o Schwannoma vestibular é um tumor benigno o qual se deriva da célula de Schwann do VIII par craniano. É o tumor mais frequente do ângulo pontocerebelar, representando 8 a 10% de todos os tumores intracranianos, com incidência de 1/100.000 habitantes por ano. O crescimento tumoral se faz geralmente em direção ao ângulo ponto-cerebelar, região de menor resistência, comprimindo o VIII nervo craniano e alargando o CAI. Tumores não tratados podem levar à compressão do tronco cerebral, com aumento da pressão intracraniana e até morte. A avaliação do estado geral, idade, status auditivo, exames radiológicos (RNM) com análise do tamanho do tumor, localização, taxa de crescimento faz-se necessária. Geralmente os sinais como zumbido unilateral, hipoacusia unilateral progressiva e vertigem são as primeiras queixas do paciente. O médico otorrinolaringologista deve-se atentar a esse quadro típico, realizando um exame clínico minucioso e solicitando exame audiométrico e radiológico (RNM T2 contrastada com gadolínio - padrão ouro). O tratamento consiste na remoção cirúrgica do tumor e a técnica de escolha do cirurgião vai depender do tamanho, localização e comprometimento de estruturas próximas ao mesmo. Neste caso é apresentado um paciente com hipoacusia bilateral progressiva com zumbido em orelha esquerda, que apesar da RNM diagnosticado Schwannoma Vestibular já iniciando compressão do tronco cerebral, ainda não havia sinais de hipertensão intracraniana. O tratamento cirúrgico com a técnica retrolabiríntica pressigmoidea trouxe ótimo resultado, pois houve melhora relativa do zumbido, não houve piora da hipoacusia e evitou risco de vida para o paciente em um futuro próximo.

Comentários Finais: É de grande importância a decisão do otorrinolaringologista na abordagem do schwannoma, devemos ter como principal objetivo a manutenção da vida. Secundariamente, evitar as comorbidades: complicações neurológicas, disfunções dos demais nervos cranianos próximos ao tumor como a preservação da função do nervo facial, hemiparesia, ataxia e a preservação da audição.

Referências Bibliográficas:

 

Molony T, Kwartler J A, House W F, Hitselberger WE. Extended Middle fossa and retrolabyrinthine approachs in acoustic neuroma surgery: case reports. Am J Otol 1992; 13; 360-3.

 

Jackler RK, Pitts L. Selection of surgical approachs to acoustic neuroma. Otolaryngologic Clinics of North America 1992; 25(I): 361-87.

 

Shelton C, Alavi S, Li J, Hitselberger WE. Modified retrosigmoid aproach: use for selected acoustic tumor removal. Am J Otol 1995; 16: 664-8.

 

Bento, RF, Brito Neto, RV, Miniti, A, Sanchez, TG The transmastoid retrolabyrinthine approach in vestibular schwannoma surgery. Otolaryngol Head Neck Surg 2002; 127: 437-41.

 

Bento RF, Miniti A, Bogar P- Experiência em 115 casos de cirurgia para exérese de neurinoma do acústico. Revista Brasileira de Otorrinolaringologia 1998; 64: 20-4.

 

Kanzaki J, Ogawa K, Inoue Y. Quality of hearing preservation in acoustic neuroma surgery. Am J Otol 1988; 19: 644-8.

Silva MLG, Munhoz MSL, Ganança MM, CaovilA HH, Frazza MM. In Silva MLG, Munhoz MSL, Ganança MM, Caovila HH. Quadros Clínicos Otoneurológicos mais Comuns / Série Otoneurológica. Primeira edição. São Paulo: Ed. Atheneu, 2000, 87-93.

 

Bento RF, Miniti A, Marone S: Tratado de Otologia. 1 ed. São Paulo: Edusp, Fundação Otorrinolaringologia, FAPESP;1998, 396-406.

 

Cohen NL, Hammerschlag P, Berg H. Ascoustic neuroma surgery: an ecletic approach with emphasis on preservation of hearing. Ann Otol Rhinol laryngol 1986; 95: 21-7. 

 

El-Kashlan, H.; Shepard, N. T.; Arts, H. A.; Telian, S. A. Disability from vestibular symptoms after acoustic neuroma resection. Am J Otol 19: 104-111, 1998.

 

Audiometria
Imagem 1
Fig1. Audiometria e Impedanciometria: perda auditiva intensa/profunda na O.E., curva tipo An bilateralmente e ausˆncia de reflexo estap‚dico ipsilateral em O.E.

BERA
Imagem 2
Fig2. Bera: ausˆncia de ondas I, III, V para est¡mulos (frequˆncias 2000-4000Hz … 80 dBNA) em O.E.

Fig3. Ressonância Magnética com Schwannoma Vestibular, corte coronal
Imagem 3
Schwannoma Vestibular causando efeito de massa em tronco cerebral.

Fig3. Ressonância magnética com Schwannoma Vestibular, corte axial
Imagem 4
Schwannoma Vestibular causando efeito de massa em tronco cerebral

Suplemento
Copyright 2008 Revista Brasileira de Otorrinolaringologia - All rights are reserved
ABORLCCF - Av. Indianópolis, 740 - Moema - Cep. 04062-001 - São Paulo - SP - Tel: (11) 5052-9515
Não nos responsabilizamos pela veracidade dos dados apresentados pelos autores.
O trabalho acima corresponde a versão originalmente submetida pelo autor.